Seguro Viagem para Gestante – Saiba escolher o seu!

Blog

Notícias, novidades e dicas de viagem para ajudar no seu roteiro

Seguro Viagem para Gestante – Saiba escolher o seu!

Seguro Viagem para Gestante – Saiba escolher o seu!

30.nov.2017

Uma das principais providências para quem vai realizar uma viagem internacional é contratar um Seguro Viagem. Ele é imprescindível para garantir uma viagem tranquila e proteger o seu bolso caso precise de algum exame médico, consulta ou internação hospitalar.

Se perder tempo de passeio já é uma droga, imagina receber uma conta de alguns milhares de dólares ou euros para pagar! E acredite, a conta não será pequena.

Agora imagina se você que vai viajar, também está grávida?

Para se ter uma ideia, um ultrassom nos EUA gira em torno de U$ 350,00, U$ 2.000,00. Um parto emergencial fica na casa dos U$ 50.000,00. Uma simples ida ao hospital para engessar um membro sai pela bagatela de U$ 2.500,00

O seguro, portanto, nessa situação é ainda mais imprescindível!

Muitas mulheres aproveitam o segundo trimestre de gestação para viajar, seja para descansar (famosa babymoon), seja para fazer o enxoval do bebê.

Sabendo da importância de um seguro viagem para qualquer pessoa e das dúvidas e inseguranças que cercam as gestantes, resolvemos criar este post para orientar as mamães e os papais.

Operadoras?

Antes de mais nada, é preciso saber qual operadora contratatar para evitar problemas posteriores. 

As mais conhecidas no mercado são: Travel Ace, GTA, Vital Card, Mondial Assistance, Assist Card, Affinity Seguros e World Nomads.

Já contratei seguro de viagem por diversas vezes por meio da Real Seguro Viagem, que comparar preços com todas essas empresas.

Além de facilitar muito a pesquisa, os funcionários da Real Seguro são sempre bem solícitos e educados.

Cobertura e Limites de Valor?

O primeiro ponto a ser observado á cobertura do plano. Ele deve abranger emergências médicas relacionadas à gestação, cobrindo exames e ultrassonografias de emergência, parto emergencial e parto prematuro, além de abortos espontâneos ou acidentais.

É necessário ter atenção e ler direito a apólice, pois alguns planos podem ter cobertura para gestantes, mas apenas em relação à complicações advindas de acidentes. Assim, complicações originadas de causas naturais, como aborto espontâneo ou parto prematuro, que não decorram diretamente de algum acidente pessoal, não estariam cobertos.

É preciso lembrar, também, que os seguros de cartão de crédito não costumam oferecer cobertura para gestantes. Vale a pena tentar? Sim, mas já vá sabendo que a chance de conseguir é muito pequena.

A dica é: se você tem seguro fornecido pela bandeira do seu cartão, então aproveite, faça ele, mas também faça um seguro específico para gestantes. Dependendo da situação, você utiliza o seguro com cobertura mais adequada.

Além da cobertura, é preciso escolher o limite de valor da cobertura, atentando para o limite de gastos específico para eventos relacionados à gestação. Isso é importante porque impacta diretamente no valor do plano.

Como já dissemos, os gastos médicos no exterior podem ser absurdamente caros, mesmo para pequenos procedimentos. Então, nem sempre levar um plano barato, mas com limite de cobertura igualmente baixo pode ser uma boa ideia.

Para não entrar numa furada, é recomendável fazer um seguro com limites acima de U$ 80.000,00, principalmente nos casos das gestantes.

Para se ter uma ideia, um parto prematura com a necessidade de internação em UTI neonatal pode chegar facilmente na casa do milhão de dólares.

Alguns países da Europa (signatários do Acordo Schengen) exigem que os turistas tenham seguro com cobertura mínima de EUR 30.000,00, mas a maioria não exige um limite mínimo.

Limite de Idade?

A maioria dos seguros cobre gestantes até o limite de 40 anos de idade. Se você possui mais de 40, será um pouco mais difícil encontrar algum plano. Entre em contato com a equipe da Real Seguros para verificar a disponibilidade de alguma cobertura para seu perfil.

Limite de Idade Gestacional?

Esse é um item muito importante para ser observado, pois algumas operadoras limitam a cobertura até determinado período da gestação:

A Travel Ace é a que cobre por mais tempo, até a 34ª semana de gestação. A GTA e a Vital Card cobre até a 32ª semana. A Affinity, até a 28ª semana, e a Assist Card e Mondial Assistance, até a 26ª semana (períodos sujeitos à alteração).

Depois de escolher o Plano?

Após escolher plano que mais se adequa às suas necessidades, você deve observar algumas coisas.

1) Depois de efetuada a contratação do plano, solicite o relatório de todas as coberturas do seguro, incluindo a cláusula sobre a gestação, e leve-o com você na viagem. A Real Seguros encaminha esse relatório para seu email.

2) Solicite ai seu obstetra um atestado, em inglês, de boas condições de saúde da mãe e do bebê, estando ambos aptos a viajar. Este documento pode ser solicitado para a contratação do seguro, pela companhia aérea ou em alguma atividade ou local que você irá no exterior.

3) Durante a viagem, tenha sempre em mãos os telefones de emergência.

Real Seguro Viagem!

Observando essas dicas, você conseguirá escolher o melhor Seguro de Viagem disponível e irá viajar com muito mais tranquilidade.

O seguro compreende uma parte muito pequena no orçamento de viagem e por todo o benefício que traz, representa uma parte obrigatória.

Você pode fazer facilmente a cotação de preço e contratação do seguro aqui mesmo no blog. Basta colocar o destino e as datas da viagem no comparador de preços localizado à direita do site. Em seguida, forneça alguns dados de contato e você verá todas as opções de operadoras, coberturas e valores dos planos.

E mais, na Real Seguro você pode pagar no cartão de crédito ou  através de boleto bancário, com 5% de desconto.

 

Seguro viagem geral 728x90

Booking.com